em , ,

React: Militar preso com 39kg de cocaína na comitiva presidencial de Bolsonaro

Nesta semana o sargento do exército Manoel Silva Rodrigues foi preso em Sevilla (Espanha) pela posse de nada menos que 39 quilos de cocaína. O que surpreende mesmo é que o sargento Manoel Silva era parte da comitiva presidencial de Jair Bolsonaro que seguia para o encontro G20 no Japão.

Segundo informações da polícia espanhola, o que chamou atenção é que toda cocaína apreendida junto a comitiva do presidente Bolsonaro não estava nem mesmo oculta ou disfarçada como de costume. O que leva a questão de como seria possível para alguém sozinho embarcar uma quantidade tão grande de drogas em plena comitiva oficial do presidente Jair Bolsonaro, ainda mais se tratando de tráfico internacional de drogas acontecendo sob o nariz do exército e da equipe de Bolsonaro, que sempre alardeiam o forte esquema de segurança em torno do presidente.

Como não podia deixar de ser a internet logo entrou no debate e a hashtag #bolsonarcos se tornou trending mundial e e presidente Jair Bolsonaro foi um dos primeiros a se manifestar sobre o assunto.

O presidente em exercício Hamilton Mourão classificou a conduta do militar traficante como sendo de uma “mula qualificada” e afirmou que ele não agiu sozinho. “É óbvio que, pela quantidade de droga que ele estava levando, que não comprou na esquina e levou, né? Ele estava trabalhando como mula. Uma mula qualificada”, definiu Mourão numa entrevista nesta quarta-feira à Rádio Gaúcha.

E assim a internet nã perdeu tempo…

Claro que não podiam deixar o Aécio Neves de fora dessa…

Questionado pela imprensa sobre a segurança do presidente Bolsonaro, o General Heleno respondeu que não possuí bola de cristal para prever uma situação no avião oficial da FAB que transportava a comitiva presidencial.

A culpa é do PT?

Tá cada dia mais difícil…

Greg News: Sergio Moro

Eduardo Bolsonaro

Dudu, o embaixador chapa quente