em

Os livros da biblioteca de Paulo Guedes desrespeitam o isolamento social e vão para as ruas em meio à pandemia de Covid-19

Este texto é de conteúdo satírico, ou seja, sem compromisso com a verdade.

Os livros da biblioteca de Paulo Guedes desrespeitam o isolamento social e vão para as ruas em meio à pandemia de Covid-19

A biografia do ministro da Economia Paulo Guedes nos fez acreditar que ele fosse um leitor voraz. Porém, em uma live, vimos que sua biblioteca deixa muito a desejar.

Os esquerdistas-gayzistas-comunistas-lulistas já se manifestaram nas redes sociais. Segundo eles, o preparadíssimo Guedes está sendo alvo de montagem.

O próprio Guedes veio a público para se defender:

Os meus livros são patriotas, visionários e não conseguem ficar longe das ruas dessa nossa pátria amada. Por isso não estavam aqui no momento da transmissão.

A oposição, parafraseando Jair Bolsonaro, replicou:

Uma biblioteca daquelas para uma pessoa que foi vendida como um economista de primeira grandeza é ultrajante.

Guedes não deixou barato – o que é de seu costume – e respondeu:

Consultei o aplicativo do MEU banco e verifiquei não ter sido vendido.

Opiniões

Deixe uma resposta

Carregando

0
Avatar

Publicado por Francisco da Chaga Mendes

Cabeça, tronco, membros e álcool em gel.

Regina Duarte mostra que está caduca sem nenhuma vergonha ao vivo na CNN

Com recorde de mortes no Brasil, Bolsonaro faz piada sobre covid-19