Ministra Damares Alves sugere a proibição de nomes unissex.
em

Após abusar da sidra Cereser, uma empresa Lulinha S/A, a ministra Damares Alves sugere a proibição de nomes unissex, como Ariel e Darcy

Este texto possui um conteúdo satírico, ou seja, sem compromisso com a verdade.

A ministra Damares Alves, que ocupa as pastas da Mulher, Família e Direitos Humanos, ficou mais alta do que se estivesse em cima de uma goiabeira e disparou mais disparates durante a ceia de Natal em sua casa.

Segundo alguns convidados presentes na ceia da ministra, ela teria sugerido que nomes unissex fossem proibidos em território nacional.

“Nós não podemos deixar margem para dúvidas nas cabecinhas das nossas crianças. Meninos têm que ter nome de meninos, e meninas têm que ter nome de meninas”, afirmou.

Ao som de um coro de “Solta a Damares!” a ministra ainda defendeu a substituição do vermelho pela cor azul no traje do Papai Noel.

Ainda de acordo com esses mesmos convidados, a ministra também anunciou que será a nova rainha de bateria da Estação Primeira de Goiabeira no Carnaval 2020.

Avatar

Publicado por Francisco da Chaga Mendes

Um intelectual de várzea.

Flávio Bolsonaro é filho de Jair Bolsonaro.

“O fato de trabalhar para o cidadão de bem não me impede de ser um ‘cidadão de bens’”, diz Flávio Bolsonaro, filho de Jair Bolsonaro

Jair Bolsonaro, após ver tantos parentes enrolados com a justiça, começa a peidar em francês, isto é, com o cu fazendo bico.

Jair Bolsonaro, após ver tantos parentes enrolados com a justiça, começa a peidar em francês, isto é, com o c* fazendo bico