Marcelo Crivella suspende pagamentos da prefeitura do Rio de Janeiro.
em

“O 13 é um número de Satanás e não vou mover uma palha da manjedoura do menino Jesus para pagar o 13º dos servidores”, diz Marcelo Crivella

Esse texto é de conteúdo satírico, ou seja, sem compromisso com a verdade.

Marcelo Crivella de Sete Dias, bispo-cantor e prefeito do Rio de Janeiro nas horas vagas, mandou suspender todos os pagamentos da prefeitura, inclusive a segunda parcela do décimo terceiro salário dos servidores municipais.

“Nos Estados Unidos, um país muito mais desenvolvido que o Brasil, alguns prédios sequer têm o 13º andar. Por que o nosso querido povo carioca insiste no 13º salário? Esse dinheiro, essa renda tem origem nas trevas. Eu seria leviano, demagogo se dissesse que tenho interesse em efetuar esse pagamento”, declara com a serenidade no olhar de quem recebe seu generoso salário em dia.

As concessionárias de luz, água, as redes de supermercado, prestadores de serviços de celular e internet se manifestaram. As empresas disseram, por meio de notas, que não se importam em receber o dinheiro do décimo terceiro como pagamento.

Um jornalista mais incisivo chegou a perguntar por que o prefeito por hobbie não pede um dinheiro emprestado para o seu tio bilionário, Edir Macedo.

“Você não conhece titio…”, respondeu.

Avatar

Publicado por Francisco da Chaga Mendes

Um intelectual de várzea.

Jair Bolsonaro chama Paulo Freire de energúmeno.

“Paulo Freire é um energúmeno. E olha que de energúmeno eu en-ten-do! Tá ok?”, disse Bolsonaro

Brasil terá em 2020 o dobro de feriados prolongados que 2019