em ,

Governo começa cobrar devolução do Auxílio emergencial para 627 mil brasileiros

O Ministério da Cidadania está enviando mensagens de celular (SMS) para 627 mil pessoas que receberam indevidamente o auxílio emergencial. A notificação orienta sobre a devolução dos recursos à União. Ao todo, já foram pagos R$ 335 bilhões a 68 milhões de cidadãos brasileiros no programa.

As mensagens são enviadas por meio dos números 28041 ou 28042 e contêm o registro do CPF de cada beneficiário e o link iniciado com gov.br. Qualquer SMS enviado de números diferentes desses, com este intuito, portanto, deve ser desconsiderado.

Receberão as mensagens os trabalhadores que ao declararem o Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) de 2021 (ano-base 2020) geraram DARF para a restituição de parcelas do auxílio emergencial, mas ainda não efetuaram o pagamento, ou receberam recursos de forma indevida por não se enquadrarem nos critérios de elegibilidade do programa.

Este grupo de pessoas que não atendem aos critérios de elegibilidade inclui aquelas com indicativo de recebimento de um segundo benefício assistencial do governo federal, como aposentadoria, seguro-desemprego ou Programa Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda (BEm).

Também inclui aquelas com vínculos empregatícios na data do requerimento do auxílio emergencial ou as identificadas com rendas incompatíveis com o recebimento, dentre outros casos.

Com informações do Jornal Extra.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

GIPHY App Key not set. Please check settings

Mark Zuckerberg reitera mentiras após ex-funcionária denunciar problemas causados pelo Facebook

CPI chegando ao fim: o governo de Jair Bolsonaro agoniza em praça pública