em ,

Eita!Eita!

Forças Armadas escondem vergonha de Pazuello com sigilo de 100 anos

Imagina precisar esconder um segredo por um século, ou 100 anos!  Qualquer pessoa poderia dizer que um segredo deste tamanho só pode surgir do medo de repercussão negativa.

Pois é! O Exército brasileiro divulgou na última quinta que arquivou o procedimento administrativo referente à conduta do general Eduardo Pazuello ao participar de uma manifestação política ao lado do presidente Jair Bolsonaro, em 23 de maio no Rio de Janeiro.

“Não restou caracterizada a prática de transgressão disciplinar por parte do General Pazuello” revela parte da nota do Centro de Comunicação Social do Exército.

Porém no Regulamento Disciplinar do Exército é proibido ao militar da ativa se manifestar publicamente a respeito de assuntos de natureza político-partidária sem que esteja autorizado previamente pela instituição. O que como todos sabem não ocorreu.

É preto no branco. Como os militares no poder não conseguem explicar como general Eduardo Pazuello saí impune ao desrespeitar as normas das Forças Armadas, o caso foi arquivado com sigilo de 100 anos.

Isso comprova no fundo que todo esse papo de ética militar só funciona para manter a ideologia, mesmo os generais mais poderosos das Forças Armadas são impotentes perante a corrupção humana.

Seja com cargos, verbas públicas ou outras benésses – como 700 mil kilos de picanha pra churrasco, calam a boca dos generais e militares no governo.

Curtiu ou reprovou? Vote neste conteúdo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

GIPHY App Key not set. Please check settings