em ,

Floresta Amazônica perde em maio área maior que à cidade do Rio de Janeiro

Governo Bolsonaro segue incentivando exploração e destruição da Amazônia

Imagina só toda uma área igual ao tamanho cidade do Rio de Janeiro destruída em apenas um mês!

Um levantamento do Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon), divulgado nesta quarta-feira, mostra que foram detectados 1.125 km² de desmatamento na Amazônia Legal em maio deste ano.

O número é também um novo recorde da série histórica de destruição de nossas florestas para o mês dos últimos dez anos, segundo o Imazon. A área corresponde ao tamanho do Município do Rio.

A área desmatada em maio deste ano foi 70% superior ao total devastado no mesmo período de 2020, que foi de 660 km2.

Segundo o pesquisador do Imazon Antônio Fonseca, esse ritmo de aumento do desmatamento tem se intensificado nos últimos anos e é preocupante devido ao período no qual ocorre:

“Isso é bastante significativo, principalmente porque está ocorrendo no período chuvoso na região amazônica, que, historicamente, tem tendência de ter áreas desmatadas bem menores comparando com o verão amazônico.”

Enquanto isto o ministro Ricardo de Aquino Salles, do Meio Ambiente, segue ‘investigado’ pela Polícia Federal por compactuar com as queimadas, desmatamento ilegal, tráfico de madeira protegida por lei, favorecimento ilícito e muito mais…

Êêêê Brezil!!!

Curtiu ou reprovou? Vote neste conteúdo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

GIPHY App Key not set. Please check settings