em , ,

Bolsa despenca e dólar sobe após manifestações golpistas

A Bolsa brasileira está despencando neste 8 de setembro, um dia depois das manifestações antidemocráticas que tomaram Brasília, São Paulo e outros estados.

Pela tarde o índice já estava em -3.05%, um verdadeiro banho de água gelada sobre os investidores que apoiam o Governo Bolsonaro e insistem que o desgoverno não está acabando com a economia do país. Já o dólar saiu de R$ 5.20 para 5.32 apenas neste dia – vale lembrar que Bolsonaro prometia o dólar por menos de R$ 2.5 na campanha… doce ilusão!

Paulo Guedes, o tal posto Ipiranga, silencia novamente perante sua inabilidade de contornar as crises geradas pelo presidente Jair Bolsonaro. É uma desgraça atrás da outra para quem sonhava com um país liberal!

Além da crise política, gerada principalmente pelo pavor de Bolsonaro de ser preso – além de ver seus pupilos também atrás das grades, os investidores ainda precisam se preocupar com a possível crise hídrica, que por sua vez também está gerando uma crise elétrica e risco de apagão; as taxas de juros que devem subir para conter a inflação (que promete bater novos recordes); a falta de emprego na tal ‘retomada da economia’ alardeada pelo Governo – que deu de caras na parede com a recessão do último trimestre; e fatores do mercado externo que geralmente falam mais alto para investidores internacionais.

Somando estes fatores seguimos em meio a pandemia, que todo mundo está cansado de saber que poderia ter sido combatida muito antes pelos irresponsáveis do Ministério da Saúde, que preocupados apenas em manter sua boquinha com altos salários, deixaram o país a beira de 600 mil mortos e milhões de doentes. Enquanto isto a incompetência dos Generais das Forças Armadas à frente do Ministério da Saúde continua queimando medicamentos, literalmente!

Um cenário que poderia ser descrito como apocalíptico, mas que já se tornou rotina no governo abestalhado de Jair Bolsonaro e seus asseclas. Ainda assim uma boiada influenciada pela retórica militar e religiosa, principalmente via pastores evangélicos corruptos, segue pedindo intervenção dos militares – que se fossem mais espertos pulariam fora deste barco naufragando.

Enquanto Jair Bolsonaro conseguir arrastar seu governo com a ajuda de Arthur Lira, presidente da Câmara e aliado do ‘mito’, o país segue ladeira abaixo. Resta saber quanto tempo mais a tal ‘Faria Lima’ seguirá cega atrás da boiada…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

GIPHY App Key not set. Please check settings

One Comment

Manifestação de Bolsonaro flopou com menos de 10% do público esperado

Empresas perdem R$ 195,3 bilhões em valor de mercado nesta quarta-feira com declarações golpistas de Bolsonaro